header_nov2.png
Baccanews
LOGO COLORIDA_FUNDO ESCURO.png
Dezembro
2021
fala1.jpg
Fala, Heliópolis!

Quando criança, Lucas Deboletta se divertia cantando com o avô em casa. Ao descobrir o Instituto Baccarelli, recebeu todo estímulo do seu companheiro de cantoria para se dedicar aos estudos da voz. E o que começou como brincadeira, se revelou sua grande paixão!

Hoje, aos 25 anos, Lucas já terminou sua licenciatura em música, segue seus estudos de Canto Lírico, integra o Coral Heliópolis e tem a chance de inspirar outras crianças a buscarem seus sonhos, como parte do time de professores da Musicalização Infantil no Instituto.

Vem aqui conhecer um pouco mais dessa trajetória inspiradora!

balao limpo.png
balao limpo.png
aspa_R.png
aspa_L.png

Cantar e ensinar tem sido minha base e meu refúgio. E o Instituto Baccarelli é parte essencial da minha história: desde criança eu já cantava muito em casa com o meu avô e, aos 8 anos, ao descobrir o Instituto Baccarelli, ele foi meu maior incentivador, me levando todos os dias para as aulas, participando das apresentações e acreditando no meu potencial. No Instituto, além de fazer parte do Coral da Gente, comecei também a experimentar alguns instrumentos: passei pelo contrabaixo, experimentei o violoncelo e me encantei pela flauta. Mas, quando estava prestes a entrar na Orquestra, conheci o Canto Lírico e descobri que era ali, cantando, que estava o meu lugar na música. 

No IB a música é uma ferramenta utilizada para transformar as pessoas, para que elas descubram seus potenciais e sonhos, e não, necessariamente, queiram seguir numa carreira musical. Mas ao mesmo tempo, gosto de pensar que o Instituto nos coloca em contato com uma primeira profissão. E eu tive a sorte de que essa profissão é a minha paixão. E com muita dedicação, ao longo dos anos, pude mostrar para aqueles que não acreditavam no poder da música, que repetiam “mas música não é profissão” ou “como é que você vai ganhar a vida assim?”, que a música não é só uma paixão, é a minha vida, minha carreira. 

Hoje, sou formado em música, sigo meus estudos, sou professor e posso dizer que vivo “apenas” disso!  Todos os meus sonhos estão sendo alcançados graças a um projeto que surgiu na favela, para as pessoas da favela!

barra_verde.png
DESTAQUES NOVEMBRO
Temporada de Concertos

Novembro marcou um mês de grandes apresentações: levamos ao palco Tchaikovsky, Verdi, Grieg, além de muita música nacional, da MPB ao rock. Ainda fechamos nossa Temporada de Concertos 2021 no comecinho de dezembro, envolvidos pelo som do piano.

concerto1.jpg
Simoninha, Di Ferrero e Helga Nemetik celebram a versatilidade da música brasileira

Para fechar com chave de ouro nossos encontros que unem a música popular à música orquestral na série “Heliópolis e Simoninha convidam” levamos ao palco uma grande celebração da potência e diversidade da música nacional.


Nosso grande parceiro Simoninha, com todo o suingue que corre em suas veias, abriu a apresentação com a deliciosa “Nem vem que não tem”, do grande Wilson Simonal.

E o concerto seguiu brilhando com a presença de Helga Nemetik mostrando sua potência e versatilidade ao interpretar clássicos nacionais e internacionais, como Palco, de Gil e Hallelujah, de Leonard Cohen.


Para encerrar com muita vibração e enviando boas energias para o próximo ano, o cantor 
Di Ferrero levou a energia e força de suas canções para uma apresentação cheia de sensibilidade, mostrando a união do rock e da música orquestral.

Se você perdeu ou quer rever esses grandes momentos ou qualquer concerto da nossa Temporada 2021, é só acessar acessar aqui e se inscrever em nosso canal no YouTube para acompanhar todo conteúdo que produzimos.

favela1.jpg
Favela é potência!

Dia 04 de novembro é celebrado o Dia da Favela e, nesse ano, a Central Única das Favelas promoveu de forma incansável uma série de ações e eventos em comunidades de todo o Brasil. Aqui em Heliópolis, a maior favela de São Paulo, pudemos participar das celebrações dessa data. Vem acompanhar como foi esse momento! 


"A favela é um território muito fértil de valores. Valores humanos, valores de solidariedade, de união, e a gente compreende que essa corrente é a nossa principal tecnologia social, é a nossa principal estratégia de luta e de resistência". 


É com as palavras de Kalyne Lima, vice-presidente nacional da Central Única das Favelas (Cufa), que ressaltamos a importância de lembrar que a favela vence quando agimos ao lado de seus moradores, indivíduos cheios de potência, talento e orgulho de suas trajetórias, que merecem seu espaço e oportunidades numa sociedade mais democrática.

favela2.jpg

Para dar visibilidade à data e as reflexões necessárias sobre o tema, a Cufa promoveu uma série de ações e eventos em comunidades em diversas partes do país e, aqui em Heliópolis, pudemos fazer parte dessa grande festa!

Ao longo do dia, uma série de ações sociais aconteceram, como entrega de kits “mães da favela”, corte de cabelo, manicure, maquiagem e grupos de capoeira, no período da noite, shows com artistas de diferentes estilos levaram música para as ruas de Heliópolis. Para representar o Instituto, nosso Coral Heliópolis também esteve presente e brilhou com uma performance emocionante!

O evento contou ainda com a presença do prefeito da cidade de São Paulo, Ricardo Nunes, a secretária municipal de Cultura, Aline Torres, o secretário municipal de assistência e desenvolvimento social, Carlos Bezerra Júnior, e o secretário executivo do gabinete do prefeito, Fábio Lepique, fazendo coro para a mensagem
     mais importante: Favela é potência! 👊🏼

curvazul_edited.jpg
curvazul_edited.jpg
town2.jpg
Um evento com a cara, o jeito e a grandiosidade
de São Paulo!

No dia 10 de novembro, a Orquestra Sinfônica Heliópolis, tocou ao lado da cantora Iza sob regência do maestro Edilson Ventureli, no evento de lançamento do The Town: um festival que acontecerá no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, nos dias 2, 3, 8, 9 e 10 de setembro de 2023.

Durante o evento, a OSH dividiu o palco com Iza para performar a música tema do festival. A cantora já é atração confirmada para a primeira edição do evento, assim como Criolo que também participou do lançamento.

Produzido pelos organizadores do Rock in Rio, o The Town promete ser o maior festival de música, arte e cultura da cidade paulistana e se prepara para receber em torno de 105 mil pessoas por dia de evento.

 

O Festival é um irmão do Rock In Rio e também traz muitos palcos, entretenimento e atrações nacionais e internacionais durante os cinco dias de festa.

Para o Instituto Baccarelli, foi uma grande honra poder participar do lançamento de um festival que chega para ser mais uma referência do entretenimento de qualidade no Brasil, com entregas de tão alto nível quanto o próprio Rock in Rio.

curvavermelha.jpg
The [uncertain]  Four Seasons

Em parceria com a OSUSP, tivemos a incrível oportunidade de participar de um projeto que integrou programação da COP26: The [Uncertain] Four Seasons, uma recomposição algorítmica de "The Four Seasons" de Vivaldi que serve de alerta para a crise climática que estamos enfrentando ao redor do globo.

 

O projeto, que surgiu como iniciativa das agências internacionais AKQA e Jung von Matt, o compositor Hugh Crosthwaite, a Orquestra Sinfônica de Sydney e o Monash Climate Change Communications Research Hub, reuniu 14 orquestras ao redor do mundo com um propósito: executar o clássico As Quatro Estações, de Vivaldi, em forma inédita.

 

Por meio da cooperação de músicos, desenvolvedores, compositores e cientistas de dados, a obra escrita em 1725 foi atualizada a partir de dados do panorama climático de 2050. O resultado? Tão magnífico quanto alarmante: em diversos momentos, as diferenças com a composição original são gritantes e nos trazem um importante recado: AGIR AGORA é evitar um futuro triste e irreversível.

 

No site do projeto é possível viajar pelo mapa-múndi: ao clicar no ponto que representa uma orquestra de cada local, o público mergulha pelas estações. Em cada ponto há uma variação da música e textos vinculados com os dados do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC em inglês) mostrando a previsão climática para 2050 se nada for feito.

Em uma de suas maiores obras-primas, Vivaldi traduziu imagens poéticas como o cair das folhas de outono em música. Mas com as variações climáticas drásticas, a música se altera junto com essas sensações. Por exemplo, a falta de chuva no Inverno, em 2050, é representada por notas mais alongadas, demonstrando incertezas. Na parte da Primavera algumas notas foram removidas, o que reflete a extinção de animais. E no Verão houve desaceleração no andamento da orquestra, o que simboliza o calor incessante.

 

Em algumas partes há tensão e, em outras, lentidão. “Gostei muito dos movimentos lentos, que me passaram um sentimento de angústia. Como se a natureza estivesse nos mostrando o perigo do nosso desleixo perante ela”, conta o primeiro-violino e solista da orquestra, Cláudio Micheletti. O músico relata que as diferenças são grandes da versão original de Vivaldi. “Alguns trechos ficaram muito distorcidos, o que dificultou demasiadamente a execução, porém com um resultado muito interessante. Todas as mudanças causam um certo desconforto no início, mas depois de ensaiar vários dias me identifiquei com esta nova versão.”

 

No caso do Brasil, o algoritmo utilizou uma partitura específica para a região de São Paulo, conforme a localização da sede da Osusp, e, entre as variações musicais, a que mais chamou atenção foi a parte Outono, composta apenas de pausas. A equipe da orquestra chegou a pensar que era um erro de transmissão do arquivo, mas não, as pausas representam a drástica situação da São Paulo de 2050. Para mostrar esse impacto, a orquestra foi gravada durante um minuto sem tocar!

Um projeto impactante e necessário, que você pode acessar e conhecer em detalhes pelo site.

4seasons.jpg
topo_lazaro.jpg
Do palco para as telas!

                                                  O livro de contos "Um Ano Inesquecível", que conta com histórias de Thalita Rebouças, Paula Pimenta,
                                         Bruna Vieira e Babi Dewet, vai ganhar uma adaptação para a tv. O audacioso projeto da Amazon Prime Video
                                 conta com 04 filmes, um para cada estação do ano, representando cada um dos contos do livro.

                  Baseado no conto de Babi Dewet, as gravações de “Um Ano Inesquecível – Outono” começou semana passada e alguns de
             nossos alunos estão participando desse grande projeto do cinema nacional!

    O longa, que conta com a direção de Lázaro Ramos - protagonista do filme sobre o Instituto Baccarelli, "Tudo o que Aprendemos Juntos" - apresenta a história de Anna Júlia e João Paulo, um típico casal improvável. Ela odeia música, enquanto ele é um jovem músico de rua que sonha viver de sua arte. Mesmo assim, a paixão entre os dois acontece em um dos lugares mais simbólicos de São Paulo: a Avenida Paulista.

lazaro2.jpg

É uma alegria e privilégio poder fazer parte de um projeto que é a cara
do Instituto Baccarelli por apresentar um olhar da juventude sobre amor,
música e a jornada de cada um em busca de seus sonhos.

          Agora é preparar a pipoca e aguardar o lançamento
          no próximo ano para conhecer essa história e prestigiar
              nossos alunos no telão dos cinemas!

topo_red.jpg

Diferente de 2020, uma conquista que a vacinação nos proporciona nesse momento é poder voltar a aproveitar os eventos que acontecem na cidade nessa época de festividades de final de ano, entre eles, a tradicional inauguração da árvore de Natal da cidade.

 

Batizado de “A Árvore dos Reencontros”, a inauguração da árvore de 50 metros de altura, que volta para a região da ponte estaiada Octávio Frias de Oliveira, foi patrocinada pela Coca Cola Femsa e contou com a apresentação da cantora Preta Gil ao lado do nosso Coral Heliópolis, sob regência de Maíra Ferreira.


Uma experiência linda e emocionante, não apenas para o público presente e aqueles que acompanharam a transmissão online, mas principalmente para nossos jovens músicos que, depois de tanto tempo, puderam cantar sem máscara pela primeira vez!

natal1.jpg
Então é Natal...
barra_amarela.png
Frente Social - Doações
Doações em Novembro
doacao1.jpg

Com a parceria de empresas e organizações como Drogasil, Instituto BRF e Mesa Sesc Brasil, além de todas as doações de pessoas físicas que apoiam nossos projetos, pudemos arrecadar e distribuir durante o mês de novembro:

- Cestas básicas 
- Carnes e embutidos
- Álcool em gel

Em março de 2020, devido à pandemia de Covid-19, o Instituto Baccarelli reinventou suas atividades e ações, criando uma nova frente de atuação assistencial para apoiar seus alunos e ajudar a comunidade de Heliópolis.


Firmamos um compromisso de, independentemente da situação pandêmica, seguir com a distribuição de cestas básicas e alimentos para os moradores da região que seguem em situação de vulnerabilidade social. 

E com muita alegria, finalizamos o ano cumprindo nosso compromisso e buscando, cada vez mais, dar todo suporte para as famílias da região de Heliópolis. 

Veja a relação de doações que aconteceram esse mês e fizeram toda a diferença.

doacao2.jpg

Por aqui, seguimos #TocandoJuntosPorHeliópolis!

No total, foram doadas 791,8 toneladas  de alimentos desde 2020, atendendo a mais de 3.243 pessoas
a cada entrega.  

Mas ainda há muitas pessoas necessitando de ajuda,

até mesmo para se alimentarem.

Se você pode contribuir, clique ao lado e escolha uma forma de doação.

barra_laranja.png
SUA NOTA VIRA MÚSICA PARA HELIÓPOLIS

O Instituto Baccarelli agora faz parte da lista de entidades que recebem doação via Nota Fiscal Paulista. Para quem tem vontade de ajudar a compor a música que faz a diferença na vida das crianças e jovens de Heliópolis, mas não pode acrescentar nenhum gasto a mais no seu orçamento, essa é uma ótima forma de passar a ser um doador automático do Instituto.

 

A Nota Fiscal Paulista (NFP) é um programa de incentivo à cidadania fiscal no Estado de São Paulo para estimular os consumidores a exigirem a documentação fiscal na hora da compra.

 

A partir do cadastro no programa da NFP, créditos são gerados e podem ser resgatados ou doados para ONGs como o Instituto Baccarelli.

 

Ser um doador do Instituto Baccarelli não custa nada! 

menina_nfp.jpg
nota_marca.png

Para resgates individuais, é importante saber que o valor da nota será muito baixo, independente do valor da compra realizada. Já ao destinar as notas para uma ONG, elas podem ser transformadas em doações automáticas de até R$257. Ou seja, o cupom fiscal vale muito mais como ajuda, mesmo sem nenhum gasto adicional para isso.

 

Transformar sua nota em uma doação ajuda a fazer diferença na vida de crianças e jovens que estudam em Heliópolis e têm suas vidas e a de suas famílias transformadas por meio da música, da cultura e da educação.

 

Veja como é fácil se tornar um doador.

barra_verde.png
#EU TOCO JUNTO

Muitas pessoas e empresas já decidiram apoiar regularmente as ações sociais, educacionais e culturais promovidas pelo Instituto Baccarelli.

 

Toda doação é muito importante para nós e faz diferença na vida de muitas famílias. O Brasil ainda vive um momento crítico da pandemia de Covid-19 e a favela de Heliópolis é um dos locais em São Paulo que tem enfrentado maior risco.

 

E você também pode integrar esse grupo e passar a dizer Eu Toco Junto! Se unindo a centenas de pessoas que escolheram a nossa organização para apoiar e gerar transformação.

 

Inclusive, através dos seus Stories, no Instagram, você pode mostrar que faz a diferença com um filtro pra lá de especial: basta pesquisar Eu toco junto ou #eutocojunto (com hashtag) na galeria de efeitos dos Stories e fazer sua selfie!
 

Vamos mostrar nosso apoio às famílias de Heliópolis e incentivar que novas pessoas entrem nessa corrente do bem.

barra_vermelha.png
UM NATAL PARA HELIÓPOLIS

Depois de mais um ano com tantos desafios por conta da pandemia, a celebração do Natal é muito simbólica, é o momento onde as famílias podem se unir para celebrar aquilo que realmente importa: a família, os amigos e o bem-estar e união de todos.

 

Acreditamos que todos tem direito a ter a sua própria celebração nesse final de ano e, por isso, te convidamos a participar da construção de Um Natal para Heliópolis: com uma doação de qualquer quantia, você ajuda o Instituto Baccarelli a distribuir alimentos para as famílias da comunidade neste Natal.

Mas, já que é Natal, também esperamos que você tenha uma Noite Feliz: ao doar acima de 40 reais, além de apoiar nossos alunos, você recebe uma apresentação exclusiva que nossos corais prepararam para tornar sua noite de Natal ainda mais emocionante ou, ainda, presentear amigos e familiares.

Faça sua doação e ajude a transformar o Natal de muitas pessoas!

natalH.png
natalH2.jpg

NOSSOS PARCEIROS:

patrocinio_new.jpg