header_nov2.png
Baccanews
LOGO COLORIDA_FUNDO ESCURO.png
Março
2022
fala-heliopolis.jpg
Fala, Heliópolis!

É preciso acreditar em nossas crianças e trazer oportunidades para que se desenvolvam. Eduardo Oliveira descobriu o mundo da música ainda pequeno. Entrou para o Instituto Baccarelli focado em aprender a tocar violino, mas descobriu outras possibilidades no caminho dos estudos.

Hoje, Eduardo dá aulas de piano e começa sua jornada em Licenciatura em Piano na USP, acreditando que só chegou onde está devido às oportunidades que teve para crescer profissional e pessoalmente.

Conheça essa história incrível que acaba de ganhar um novo capítulo!

balao limpo.png
aspa_L.png

Eu conheci a música através da minha escola. Na época, uma orquestra fazia visitas constantes para apresentar as famílias dos instrumentos para todos os alunos.
Eles tinham costume de chamar uma criança para conhecer uma dessas famílias
e, em um dos encontros, fui chamado para conhecer o violino.


Eu lembro de chegar em casa e falar para minha mãe “eu quero tocar violino”.
Apesar de achar que era só um sonho de criança, ela acreditou e procurou um local
que oferecesse aulas de violino. Essa busca coincidiu com a época em que o prédio
do Instituto Baccarelli foi inaugurado. 


Eu tinha uns nove anos quando entrei para o Instituto e comecei no coral, como todas
as crianças. Um ano depois, eu estava finalmente fazendo as tão desejadas aulas
de violino que tanto queria.


Toquei violino, mas não estudei o suficiente para me desenvolver no instrumento. Troquei para viola e, já mais velho e tendo entendido que a música também exige dedicação aos estudos, busquei aulas de piano por fora do Instituto, baseado na ideia de que, para estudar e fazer carreira fora do país, é preciso saber tocar piano.


Apesar de ter começado como uma busca complementar, o piano se tornou uma grande descoberta e acabei gostando tanto quanto eu gostava da viola. Segui, então,
com os dois instrumentos e, em 2018, ao terminar o ensino médio, prestei vestibular para Unicamp e fui aprovado para fazer bacharelado em piano. 


As dificuldades financeiras impossibilitaram minha mudança para Campinas, onde fica
a universidade, e senti uma tremenda frustação ao ter que abrir mão da vaga. Isso me levou a buscar uma nova opção de área profissional, chegando a estudar na área de T.I por seis meses, que hoje percebo não ter nada a ver comigo.


Vi que meu caminho era realmente a música e fui até a sala do Edilson. Expliquei
a ele minha situação financeira, o histórico da Unicamp e reforcei que não teria condições de pagar aulas particulares de piano. Pedi, então, uma oportunidade
para continuar estudando piano no próprio Instituto Baccarelli e ele acabou permitindo, alegando que seria interessante até para o meu desenvolvimento como pianista poder trabalhar e se dedicar ao instrumento.


A partir daí, decidi parar com todos os instrumentos de corda e focar apenas no piano. Comecei a ter aulas com a Juliana Ripke e, desde então, me preparo para prestar vestibular novamente para uma universidade pública, já que é a única opção financeiramente viável.


No ano passado, eu fiz o vestibular da USP pensando que poderia não ser aprovado por ter estudado em escola pública e por saber que eles seriam bem exigentes na avaliação. Passei na primeira etapa, na segunda e enviei a prova de música! Descobri que fui aprovado para Licenciatura em Piano na USP. Estou radiante e meus pais muito orgulhosos. Eu só tenho a agradecer por todas as oportunidades que eu tive tanto
para atuar como professor quanto para crescer como pessoa e profissional.


Hoje, eu já trabalho como professor em alguns lugares, ofereço aulas particulares
e começo um novo capítulo em uma universidade pública para me aperfeiçoar no que eu mais amo. E tudo isso graças as oportunidades que eu tive aqui no Instituto Baccarelli.

balao limpo.png
aspa_R.png
barra_verde.png
DESTAQUES FEVEREIRO
bordazul.png
musicalizacao.jpg
Um ano novinho começa para os alunos
do Instituto Baccarelli!

Fevereiro foi o mês de retorno dos alunos no Instituto Baccarelli. Nossos professores das turmas de musicalização, canto coral e instrumentos receberam todos de braços abertos, com muita novidade para as aulas que prometem uma grande diversidade de atividades e aprendizados, com repertórios ricos que atendem todos ritmos e estilos musicais.

O início de ano é um momento de muita empolgação para os alunos,
mas também para os professores e todos os funcionários que estão diariamente acompanhando o desenvolvimento de cada um deles.
São as crianças e jovens que transbordam o Instituto Baccarelli de vida.

As turmas já estão envolvidas em suas atividades, que serão trabalhadas ao longo do ano todo. É possível acompanhar esse aprendizado pelas redes sociais do Instituto Baccarelli e ver como a formação de cada aluno acontece de forma dinâmica e construtiva, impactando o seu entorno
e contribuindo para uma sociedade mais igualitária.

Sejam todos bem-vindos!

bordazul.png
Orquestra Juvenil Heliópolis está de volta
e com formação completa

Depois de dois anos com as atividades pausadas por conta da pandemia, o Instituto Baccarelli anuncia o retorno da Orquestra Juvenil Heliópolis, que começou seu processo seletivo no mês de fevereiro e retorna seus encontros em março. As vagas eram para todos os instrumentos, destinadas a jovens com até 25 anos.

Diferente das avaliações da Orquestra Sinfônica Heliópolis, que aconteceram entre os meses de dezembro e janeiro, a avaliação para a OJH aconteceu em uma única etapa, sem a necessidade do biombo para ocultar a identidade do candidato,
e com repertório livre, com uma escala e/ou estudo de caixa para todos os instrumentos. O resultado de todas as audições
foi divulgado a cada um dos candidatos via e-mail, além da lista de aprovados ser publicada no site do Instituto Baccarelli.

Mesmo com integrantes em formação, a Orquestra Juvenil Heliópolis exige dedicação e responsabilidade, além de trazer benefícios para quem pretende seguir carreira na música. Assim como a Orquestra Sinfônica Heliópolis, a OJH também é formada por 67 integrantes e todos precisam seguir ensaios de práticas orquestrais e aulas individuais, além de receber bolsa-auxílio mensal.

“É importante que esses 67 integrantes continuem cheios de energia e dispostos a sempre elevar seus níveis musicais, estando cientes que é preciso muita disciplina e responsabilidade para fazer parte tanto da OJH quanto de qualquer outra orquestra ou compromisso profissional.” Comenta Edilson Ventureli, maestro titular da Orquestra Juvenil Heliópolis e diretor executivo do Instituto Baccarelli.

Celebramos esse grande retorno da Orquestra Juvenil Heliópolis e parabenizamos a todos que participaram do processo seletivo. Ter o estudo e disciplina como aliados é um primeiro passo importante para que novas possibilidades sejam criadas
para descoberta e dedicação aos sonhos. 

borda-vermelha.png
borda-vermelha.png
OSH.png
roda-verde.png
roda-verde.png
OSH retorna com seus ensaios e atividades

Fevereiro foi o mês oficial da retomada de trabalhos do Instituto Baccarelli e, entre eles, estão as atividades da Orquestra Sinfônica Heliópolis. Depois do descanso de fim de ano, a OSH volta a se reunir para seus ensaios de prática orquestral
e se prepara para mais um ano cheio de apresentações que prometem emocionar ainda mais o público em 2022.

Com alguns concertos já confirmados e a Temporada de 2022 a ser anunciada, podemos esperar interpretações
de obras marcantes e repertório emblemático, interpretados sempre com excelência pela Orquestra Sinfônica Heliópolis.

“Orgulho-me, como diretor artístico da instituição, ser também o maestro titular da Orquestra Sinfônica Heliópolis, organismo maduro que é capaz de interpretar, com propriedade, obras importantes dos maiores compositores da atualidade.”, afirma Isaac Karabtchevsky, maestro titular e diretor artístico da OSH.

A Orquestra Sinfônica Heliópolis já tem próximo concerto marcado para o dia 19 de março, sábado, às 20h30, no Teatro Arthur Rubinstein do Clube Hebraica. O evento será transmitido ao vivo pelo canal do Youtube do Instituto Baccarelli.

Para mais informações sobre esse e outros concertos, acesse o site do Instituto Baccarelli e acompanhe as redes sociais.

curvazul_edited.jpg
curvazul_edited.jpg
Il Cannone Giramondo: Novas assinaturas

Unir requisitados violinistas da atualidade em prol da educação e causa social. Esse é o principal objetivo do Il Cannone Giramondo: uma cópia moderna
do violino que pertenceu a Niccolò Paganini que viaja o mundo colecionando assinaturas de importantes artistas para ser leiloado em outubro de 2022.
O projeto, idealizado pela Amorim Fine Violins, converterá toda verba arrecadada no leilão em doação para o Instituto Baccarelli.

Até o momento, o Il Cannone Giramondo já arrecadou mais de 18 assinaturas
e segue contando. Entre os nomes que estão assinados na réplica,
encontram-se: a embaixadora do projeto Francesca Dego, Augustin Hadelich, Joshua Bell, a Família Carpenter, David Garret e muitos outros. Só em fevereiro, cinco novas assinaturas foram conquistadas, com os violinistas Frank Zimmerman, Julia Fischer, Anastasiya Petrishak, Roman Simovic e

Emmanuele Baldini unindo-se também à causa.

Projeto coleciona assinaturas de influentes violinistas para réplica que será leiloada
e destinará toda verba arrecadada para o Instituto Baccarelli

cannone.png

Seguimos acompanhando esse trabalho extraordinário da Amorim Fine Violins, notável especialista em criação,
restauração e venda de violinos, violoncelos e violas. Para o Instituto Baccarelli, poder contar com essa parceria é gratificante, pois contribuirá com o trabalho educacional, cultural e transformador realizado com milhares de crianças e jovens de Heliópolis
e região e suas famílias. A música segue sendo a principal ferramenta para a formação de indivíduos capazes de explorar
suas infinitas possibilidades, por meio da disciplina, educação e oportunidade.

Do Baccarelli para o mundo: alunos são aprovados
em requisitadas universidades do Brasil

O mês de fevereiro trouxe a gratificante notícia de alunos do Instituto Baccarelli aprovados em vestibulares de universidades públicas. Cada uma dessas conquistas reforça a importância do acesso à educação para todos como ponto inicial para uma sociedade mais democrática de oportunidades.


Até o momento, quatro alunos anunciaram que começam sua jornada no mundo universitário: Daniel Alves, aluno do Instituto Baccarelli e contrabaixista da OSH, aprovado na UNESP; Eduardo Oliveira, aluno do coral e ex-aluno de viola, aprovado em licenciatura com especialização em piano pela USP; Luiz Mariano, aluno do coral, aprovado em engenharia da computação; e Tiago Canté, violoncelista, aprovado em licenciatura na USP, UNESP e UNICAMP.

“Como professor, eu fico muito feliz. Sei a dificuldade que é ser aprovadoem universidade pública, principalmente, para a área da música que contacom as provas regulares do vestibular e mais um exame teórico e prático.Então, ver que alguns desses alunos são de Heliópolis e estão conquistando vagas em universidades públicas mostra que um novo caminho se abre quando oportunidades são dadas.”, comemora Pedro Visockas, professor de violae coordenador pedagógico de aulas individuais de cordas do Instituto Baccarelli.

borda-vermelha.png

A missão do Instituto Baccarelli é formar indivíduos que desenvolvam
e entendam sua capacidade de serem o que quiserem, por meio do estudo
e da disciplina. Ver a dedicação de cada um deles para conquistar o próximo passo da caminhada em que eles mesmos escrevem suas histórias de vida fortalece o contínuo trabalho de, cada vez mais, transformar a vida de crianças
e jovens por meio da educação, arte e cultura.

"A maioria foi meu aluno durante anos no coral. Para mim, é uma imensa felicidade e orgulho ver que eles sempre foram determinados e enfrentaram muitos obstáculos, mas sempre com muita garra. O Instituto tem um papel importantíssimo neste processo formador da cidadania e sempre estamos de olho nos nossos alunos para que possamos orientá-los em todos os processos e também incentivá-los a procurar sempre novos desafios." comenta Silmara Drezza, regente e coordenadora de canto coral do Instituto Baccarelli.


Parabenizamos a todos e desejamos uma jornada repleta de novas possibilidades e descobertas para suas carreiras e sonhos.

vestibular.png
borda-vermelha.png
curvavermelha_edited.jpg
Instituto Baccarelli inicia atendimentos psicológicos
presenciais para grupos em parceria com a Interttie

Após a conquista de atendimentos psicológicos para alunos e familiares do Instituto Baccarelli por meio do projeto +Saúde Mental realizado junto a Interttie, a parceria avança mais um passo. Em fevereiro, a empresa começou a realizar tratamentos coletivos presenciais para grupos de crianças entre 8 e 11 anos e responsáveis de alunos das turmas de Musicalização Transformadora
que recebem crianças com deficiência.

Em 2021, o Departamento de Serviço Social realizou diversas ações
e atendimentos que apontaram a importância não só da busca pelos atendimentos psicológicos, mas a necessidade de alguns grupos serem ministrados por profissionais da área da psicologia, para tratar de questões voltadas para a área da saúde mental no coletivo.

O grupo de crianças está sendo atendido quinzenalmente e tem o tema voltado para vivências, relações e aprendizados. Já para o segundo grupo, os encontros são semanais e traz o tema Ser Mãe e Ser Mulher para as responsáveis das crianças que estudam na Musicalização Transformadora, com foco na escuta empática e sem julgamento sobre as vivências cotidianas, bem como o resgate e valorização
da individualidade e empoderamento enquanto mulher, mãe, esposa, profissional, entre outros.

A parceria estabelecida com a Interttie permite que cada grupo seja atendido de acordo com suas necessidades e especialidades específicas para os respectivos coletivos.

interttie-grupo.jpg
Background slides_9.jpg
Eventos de fevereiro
concerto3.png
borda-verdagua_edited.png
De volta aos palcos!

Nas últimas semanas, a agenda do Instituto Baccarelli voltou a ser preenchida com eventos dos grupos musicais. Com quatro apresentações marcadas para o final do mês de fevereiro, os Quartetos de Cordas interpretaram músicas de diversos estilos musicais para os eventos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (SMDET), Instituto Votorantim e BTG Pactual.

O primeiro, realizado dia 19, reuniu todos os colaboradores do Cates da SMDET para celebrar as conquistas obtidas, apresentar resultados das ações e plano de metas. Chamado Super Ação, o evento trouxe, em especial, agradecimento às equipes pelo trabalho frente à atuação durante todo período de pandemia, com os atendimentos e acolhimentos à população em situação de vulnerabilidade.

borda-verdagua_edited.png
concerto1a.png
concerto1b.png

Já no dia 21, o evento do Instituto Votorantim foi voltado para premiação de municípios que tiveram boas práticas na educação, com o tema Parceria pela Valorização da Educação. Durante o evento, a empresa homenageou e ofereceu premiações como forma de reconhecimento dos esforços aplicados.

concerto2.png

O evento CEO Conference, da BTG Pactual, aconteceu entre os dias 22 e 23 de fevereiro de forma online. A conferência é uma das principais do mercado financeiro com grandes líderes da economia
da política nacional e internacional para debater as transformações de 2022 e as decisões que impactam o futuro.

Em todos eles, os quartetos tocaram de Mozart a Beyoncé, apresentando um grande encontro de estilos musicais para os públicos de cada evento.

Retomar a agenda de eventos começando com encontros incríveis traz ainda mais estómulo para realizar os que estão por vir pelos próximos meses de 2022, com o Instituto Baccarelli sempre levando música para colorir e alegrar cada um deles.

barra_amarela.png
Frente Social - Doações
Doações de Fevereiro
doacao-fevereiro.jpg

Há dois anos, quando se instaurou a pandemia de COVID-19, o Instituto Baccarelli percebeu a urgente necessidade de criar uma frente que pudesse dar suporte para as famílias de nossos alunos em situação
de vulnerabilidade social, através da distribuição de alimentos
e cestas básicas.

Apesar da preocupação com a diminuição no número de doações
de alimentos, continuamos com nosso compromisso, que tem feito
a diferença no dia a dia de muitas famílias que seguem enfrentando
o desemprego, a alta dos custos de vida e todas as demais dificuldades que a pandemia e a crise econômica trouxeram para a vida de todos
os brasileiros.

Com a parceria de empresas e organizações como Sesc Mesa Brasil, Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo – Cidade Solidária e Drogasil, além de todas as doações de pessoas físicas que apoiam nossos projetos, pudemos arrecadar e distribuir durante o mês de fevereiro:

- Cestas básicas 
- Álcool em gel

Por aqui, seguimos #TocandoJuntosPorHeliópolis!

No total, foram doadas 819 toneladas  de alimentos desde 2020, atendendo a mais de 3.243 pessoas
a cada entrega.  

Mas ainda há muitas pessoas necessitando de ajuda,

até mesmo para se alimentarem.

Se você pode contribuir, clique ao lado e escolha uma forma de doação.

Background slides_1.jpg
AGENDA
barra_laranja.png
SUA NOTA VIRA MÚSICA PARA HELIÓPOLIS

O Instituto Baccarelli faz parte da lista de entidades que recebem doação via Nota Fiscal Paulista (NFP). Para quem tem vontade de ajudar a compor a música que faz a diferença em Heliópolis, essa é mais uma ótima forma de passar a ser doador automático do Instituto, sem nenhum gasto adicional
ao seu orçamento.

 

A partir do cadastro no programa da NFP, créditos são gerados
e podem ser resgatados ou doados para ONGs como
o Instituto Baccarelli.

 

É importante lembrar que, ao contrário de resgates individuais, em que o valor é baixo, as notas destinadas a uma ONG podem ser transformadas em doações de até R$257. Ou seja, o cupom fiscal vale muito mais como ajuda.

 

Ser um doador do Instituto Baccarelli não custa nada e ajuda
a fazer diferença na vida de crianças e jovens que estudam
em Heliópolis e têm suas vidas e a de suas famílias transformadas por meio da música, da cultura e da educação.

NFP.jpg
nota_marca.png

Veja como é fácil se tornar um doador.

barra_verde.png
#EU TOCO JUNTO

Diga #EuTocoJunto e faça a diferença na vida
de crianças e jovens de Heliópolis!

O Instituto Baccarelli há 25 anos vem transformando a vida de milhares de crianças e jovens.

 

Todo o impacto positivo, que acontece direta e indiretamente à favela de Heliópolis, é possível também graças a cada doador que faz parte dessa missão, ajudando na manutenção das atividades e programas do Instituto.

 

Seguimos com planos e projetos para expandir nossa atuação, acreditando que, através da música, da arte e da educação,
é possível construir uma sociedade com mais oportunidades para todos.

 

Você pode ajudar o Instituto Baccarelli a seguir nessa transformação: diga #EutocoJunto!

fala-maestro.png
borda-verdagua.png

Fala, Maestro!

Retomamos nossas atividades e as turmas de musicalização infantil, canto coral, os coletivos e as aulas individuais de instrumentos já estão 100% de volta. Nas últimas semanas pudemos acompanhar o processo seletivo da Orquestra Juvenil Heliópolis, que começa suas atividades em março, além de ver a Orquestra Sinfônica Heliópolis se preparar para seu retorno aos palcos, em um concerto com seu maestro titular Isaac Karabtchevsky, no Clube Hebraica.

Com a alegria da retomada das atividades veio também as felizes notícias de alunos nossos sendo aprovados em universidades públicas. A cada um de vocês, deixo em destaque aqui meus mais sinceros e orgulhosos parabéns! Nosso trabalho se fortalece e esperanças se renovam ao ver que transformamos a vida de cada um de vocês por meio da educação, da arte e da cultura.

borda-verdagua_edited.png

Aproveito para agradecer novamente a todos os nossos doadores individuais e empresas parceiras que nos ajudam a seguir na missão de formar indivíduos capacitados a escreverem seu próprio futuro por meio da educação. É com ela que construímos o entendimento sobre responsabilidade, dedicação e disciplina em cada um dos nossos alunos que desenvolvem capacidades críticas sobre si e sobre a sociedade que estamos inseridos.

Somente com a educação podemos almejar por novas possibilidades de futuro e, por isso, continuamos acreditando que é essencial que todos tenham acesso a ela. Estamos extremamente felizes e orgulhosos de ver cada um de nossos alunos abrindo novas portas de possibilidades e começando novos capítulos importantes das suas vidas.

Edilson Ventureli, diretor executivo do Instituto Baccarelli

NOSSOS PARCEIROS: